domingo, 8 de novembro de 2009

I have a dream

Um dos meus passatempos prediletos é a leitura de um bom livro. Um dos meus autores preferidos é Augusto Cury, apesar dos comentários de seus críticos, eu particularmente gosto muito dos assuntos abordados por ele. O título de um dos seus livros é: "Nunca desista dos seus sonhos". Na página 75 encontra-se um trecho de um dos discursos mais famosos de Martin Luther King, intitulado I HAVE A DREAM ( Eu tenho um sonho)

Eu tenho um sonho no qual um dia esta nação se erguerá e viverá o verdadeiro significado do seu credo... que todos os homens são criados iguais...

Eu tenho um sonho de que algum dia, nas colinas vermelhas da Geórgia, os filhos dos escravos e os filhos dos senhores de escravos se sentarão juntos à mesa da fraternidade. Esta é a nossa esperança...

Eu tenho um sonho! Com esta Fé, eu volto para o Sul. Com est Fé, arrancaremos da montanha da angústia um pedaço da esperança. Com está Fé, poderemos trabalhar juntos, orar juntos, ir juntos à prisão,certos de que um dia seremos livres...

Quando deixarmos o sino da liberdade tocar em qualquer vilarejo ou aldeia de qualquer estado, de qualquer cidade, neste dia estaremos prontos para nos erguer. Todos os filhos de Deus, brancos ou negros, judeus ou gentios, protestantes ou católicos, estarão prontos para dar as mãos e cantar aquele velho hino dos escravos:

''Finalemente livres!

Finalmente livres!

Graças ao Deus Todo-Poderoso,

Nós somos finalmente livres."


Tenho o mesmo sonho que esse sábio homem.

Um comentário:

  1. E pensar que esse discurso foi improvisado ...

    ResponderExcluir